Período expulsivo no trabalho de parto, parte 01! Por: Fernanda Barboza

0

Olá, pessoal. Hoje iremos trabalhar o período expulsivo no trabalho de parto, fiquem atentos nas nossas dicas!

Esse período é dividido em 2 fases pelas novas diretrizes:

  1. Fase inicial ou passiva: dilatação total do colo sem sensação de puxo involuntário ou parturiente com analgesia e a cabeça do feto ainda relativamente alta na pelve;
  2. Fase ativa: dilatação total do colo, cabeça do bebê visível, contrações de expulsão ou esforço materno ativo após a confirmação da dilatação completa do colo do útero, na ausência das contrações de expulsão.

Nesse período, a mulher apresenta a sensação de preenchimento retal com desejo de evacuar, decorrente da pressão da apresentação fetal sobre reto e músculos do assoalho pélvico.

Nesse período, aumentam os riscos fetais devido à compressão do polo cefálico na passagem pelo canal de parto, associada à diminuição da circulação uteroplacentária, pelas contrações uterinas mais intensas e frequentes, que favorece a hipóxia e a acidose fetal. Sendo necessária a monitorização efetiva do bem-estar fetal.

Duração do 2º período:

Mecanismos do trabalho de parto (movimentos do feto)

O mecanismo de parto pelo aspecto fetal envolve as seguintes fases:

  1. Insinuação;
  2. Descida da apresentação;
  3. Flexão;
  4. Rotação interna;
  5. Extensão e desprendimento cefálico;
  6. Rotação externa; e
  7. Desprendimento do ovoide córmico (ombro).

Observe na imagem a seguir os mecanismos do trabalho de parto:

Falha de progresso no segundo período do parto

Então é isso, pessoal. Espero que esses artigos te auxiliem nos estudos e que você arrase na sua prova! Qualquer dúvida, você pode me encontrar no fórum de dúvidas!

_______________________________________________

Fernanda Barboza é graduada em Enfermagem pela Universidade Federal da Bahia e Pós-Graduada em Saúde Pública e Vigilância Sanitária. Atualmente, servidora do Tribunal Superior do Trabalho, cargo: Analista Judiciário- especialidade Enfermagem, Professora e Coach em concursos. Trabalhou 8 anos como enfermeira do Hospital Sarah. Nomeada nos seguintes concursos: 1º lugar para o Ministério da Justiça, 2º lugar no Hemocentro – DF, 1º lugar para fiscal sanitário da prefeitura de Salvador, 2º lugar no Superior Tribunal Militar (nomeada pelo TST). Além desses, foi nomeada duas vezes como enfermeira do Estado da Bahia e na SES-DF. Na área administrativa foi nomeada no CNJ, MPU, TRF 1ª região e INSS (2º lugar), dentre outras aprovações.


Estudando para concursos da área da Saúde? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros!

Deixe uma resposta