Dicas sobre Biossegurança e descarte de resíduos

1

Dica 01

  1. (VUNESP/2010) A Resolução n. 358 CONAMA, de 2005, e a RDC 306 ANVISA, de 2004, harmonizaram as regulamentações relativas

a) à Terminologia Unificada da Área da Saúde.

b) à Padronização das Informações em Saúde Suplementar.

c) à Troca de Informação em Saúde Suplementar.

d) ao Comitê de Padronização das Informações em Saúde Suplementar.

e) ao Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde.

Resposta: Letra e. Aluno(a), o Gerenciamento de Resíduos de Serviços de saúde é trabalhado nessas duas normas.

A preocupação com a geração de Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) está em evidência, pelo risco de contaminação humana, animal e do meio ambiente. Além disso, esse tema é muito cobrado pela FCC e outras bancas de concursos, por isso vamos entender esse tema bem detalhado.

O gerenciamento correto dos resíduos gerados em estabelecimentos prestadores de serviços de saúde é importante para garantir a qualidade da saúde coletiva e a preservação do meio ambiente. Como já relatado, essa temática é muito frequente nas provas da FCC de enfermagem, pois envolve a nossa prática diária de gerar e descartar resíduos. A parte básica é saber os grupos dos resíduos (ABCDE) e a parte avançada é saber as etapas do plano de gerenciamento de resíduos e qual tratamento e disposição final para cada tipo de material. A dificuldade reside em que no mesmo grupo de resíduos teremos armazenamentos e disposição diferente. Mas não se preocupe com o direcionamento das questões da FCC e de outras bancas, iremos cercar todo nosso conteúdo.

Dica 02

  1. (FCC/TRE-PR/2017) Considera-se medida de biossegurança em saúde, entre outras, a implantação

a) da Política dos Direitos de Acessibilidade.

b) da Política de Humanização.

c) do Plano de Gerenciamento dos Resíduos de Serviços de Saúde.

d) de Processos Equânimes.

e) de Métodos Individualizados de Assistência.

Resposta: Letra c.

Resumindo o conceito de biossegurança: é um conjunto de medidas para prevenir e eliminar riscos na saúde humana, animal e no meio ambiente. Dessa forma constitui medida de biossegurança o gerenciamento dos resíduos de forma adequada, assim também como faz parte da biossegurança as medidas de precauções e o uso dos equipamentos de proteção individual, estudados na aula passada.

Dica 03

Dica 04

  1. (FCC/TRE-PR/2017) O processo de uso e descarte dos produtos químicos, radiológicos, biológicos e seus subprodutos, consumidos pelas instituições de saúde são de responsabilidade da instituição e do profissional de saúde que os manipula. Essa responsabilidade consiste em adotar medidas de

a) Fluidificação residual.

b) Biovigilância.

c) Biossegurança.

d) Biorreciclagem.

e) Redução de custo.

Resposta: Letra c.

O descarte de resíduos impacta na saúde humana, animal e do meio ambiente, portanto constitui temática da biossegurança.

Dica 05

Dica 06

  1. (CESPE/2010/ADAPTADA) A regulamentação atual que dispõe sobre o regulamento técnico para o gerenciamento de resíduos de serviços de saúde é a RDC n. 222/2018. Acerca dessa RDC, julgue o item subsequente.

Estão regulamentados por essa RDC todos os serviços relacionados com o atendimento à saúde humana ou animal, incluindo os serviços de assistência domiciliar e de trabalhos de campo, laboratórios analíticos de produtos para saúde, necrotérios, funerárias, serviços de medicina legal, drogarias e farmácias, estabelecimentos de ensino e pesquisa na área de saúde, serviços de acupuntura, serviços de tatuagem, entre outros.

Resposta: Certo.

Copiou e colou a abrangência da norma.

Dica 07

  1. (AOCP/2015) Os agentes biológicos que afetam o homem, os animais e as plantas são distribuídos em classes de risco. A classe de risco 1 (baixo risco individual e para a comunidade) inclui os agentes biológicos conhecidos por não causarem doenças ao homem ou aos animais adultos sadios, como

a) Vírus Ebola.

b) Lactobacillus sp.

c) Bacillus anthracis.

d) Schistosoma mansoni.

e) Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV).

Resposta: Letra b.

Essa bactéria faz parte da flora humana, sendo um importante fator de proteção contra agentes patológicos.

_________

Fernanda Barboza é graduada em Enfermagem pela Universidade Federal da Bahia e Pós-Graduada em Saúde Pública e Vigilância Sanitária. Atualmente, servidora do Tribunal Superior do Trabalho, cargo: Analista Judiciário- especialidade Enfermagem, Professora e Coach em concursos. Trabalhou 8 anos como enfermeira do Hospital Sarah. Nomeada nos seguintes concursos: 1º lugar para o Ministério da Justiça, 2º lugar no Hemocentro – DF, 1º lugar para fiscal sanitário da prefeitura de Salvador, 2º lugar no Superior Tribunal Militar (nomeada pelo TST). Além desses, foi nomeada duas vezes como enfermeira do Estado da Bahia e na SES-DF. Na área administrativa foi nomeada no CNJ, MPU, TRF 1ª região e INSS (2º lugar), dentre outras aprovações.


Estudando para concursos da área da Saúde? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros!

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta